/
/
Revolução na enfermagem brasileira: enfermeiros agora autorizados a realizar suturas simples com a nova resolução do cofen

Revolução na enfermagem brasileira: enfermeiros agora autorizados a realizar suturas simples com a nova resolução do cofen

enfermagem

Compartilhe nas redes sociais:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Sumário

Em um marco histórico para a Enfermagem brasileira, o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) anunciou uma mudança significativa na prática profissional ao publicar, em 22 de novembro de 2023, a Resolução N° 731, datada de 13 de novembro do mesmo ano.

Essa resolução tem como objetivo regulamentar a realização de suturas simples por enfermeiras e enfermeiros, representando um avanço notável na autonomia e nas competências da categoria.

Antes dessa decisão, a sutura era uma competência restrita a médicos e cirurgiões, mas a evolução da profissão nos últimos anos e o clamor de enfermeiros comprometidos com o cuidado e a saúde da população impulsionaram essa mudança.

O processo administrativo no Cofen incluiu uma consulta pública à categoria, resultando em 1.135 manifestações, das quais 1.020 foram favoráveis à regulamentação da prática.

Sutura na enfermagem

Revolução na enfermagem brasileira: enfermeiros agora autorizados a realizar suturas simples com a nova resolução do cofen. (imagem: arquivo)

De acordo com o conselheiro federal Gilney Guerra, responsável pela coordenação do Grupo de Trabalho que elaborou a Resolução, essa revisão foi feita com prudência, considerando a necessidade de acompanhar os avanços da profissão. 

“Revogar a normativa anterior que vedava o procedimento é entender que a categoria precisa se desenvolver, pensando sempre no bem-estar da população e na promoção do acesso à saúde”

Gilney Guerra

A resolução permite que enfermeiros realizem suturas simples em pequenas lesões em ferimentos superficiais de pele, anexos e mucosas, acompanhadas da aplicação de anestésico local injetável. No entanto, é recomendado que as instituições de saúde estabeleçam rotinas ou protocolos aprovados para garantir a segurança do procedimento.

A definição de sutura simples, conforme a normativa, abrange a união da pele em feridas corto contusas acidentais e superficiais, assim como a estabilização externa de dispositivos sob a pele, utilizando fio e agulha. Contudo, permanece vedada a sutura de ferimentos profundos, como aqueles que atingem músculos, nervos e tendões.

O presidente do Coren-DF, Elissandro Noronha, destaca que a norma é parte integrante do processo de desenvolvimento, independência e autonomia assumido pela profissão nos últimos anos. Noronha enfatiza que a incorporação de novas competências deve ocorrer junto com a valorização do serviço prestado pelos enfermeiros.

Essa decisão do Cofen, fundamentada nas legislações pertinentes, após uma análise criteriosa, destaca-se como um marco na evolução da enfermagem brasileira.

O que é sutura? 

A sutura é um procedimento médico que envolve a união de tecidos biológicos, geralmente realizado para fechar ferimentos ou incisões cirúrgicas. Essa técnica é empregada para promover a cicatrização, impedir sangramentos e minimizar o risco de infecções.

Durante o processo, são utilizados fios especiais que podem ser absorvíveis ou não absorvíveis, dependendo da necessidade da intervenção.

A sutura desempenha um papel fundamental em diversas áreas da medicina, desde procedimentos simples, como o fechamento de cortes superficiais, até intervenções cirúrgicas mais complexas.

Tipos de sutura: uma breve visão

Existem diversos tipos de sutura, cada um adaptado às características específicas de diferentes ferimentos. (Fazer link interno com nosso conteúdo sobre tipos de sutura na medicina) 

A sutura simples é comumente utilizada para fechar ferimentos superficiais na pele, enquanto a sutura em padrão contínuo é aplicada em incisões mais longas.

Já a sutura em padrão interrompido é empregada em áreas de alta tensão. 

Tipos de fios para sutura

Quanto aos tipos de fios para sutura, há variedade em material e calibre. 

Fios absorvíveis, como catgut, são gradualmente absorvidos pelo corpo, enquanto fios não absorvíveis, como nylon, mantêm-se intactos. 

A escolha do tipo de sutura e fio depende do local, natureza e tensão da ferida, bem como do tempo necessário para a cicatrização.

Leia também >>>>> Explorando os diferentes tipos de suturas e suas aplicações na medicina moderna 

Conclusão

A regulamentação da sutura simples por enfermeiros não apenas amplia as responsabilidades da categoria, mas também reconhece a competência e a capacidade dos profissionais de enfermagem em atender às demandas da saúde de maneira segura e eficaz. 

Este avanço não só traz e representa uma vitória para os profissionais de enfermagem, mas também um benefício significativo para a população, que terá acesso a cuidados de saúde mais abrangentes.

Esse conteúdo faz parte das categorias:

Esse conteúdo fala sobre:

Compartilhe nas redes sociais:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

Filtre sua pesquisa:

Filtrar por Categoria
Filtrar por Categoria
Filtrar por Preço
Filtrar por Preço - slider
Filtrar por Preço - inputs
R$
R$

Produtos mais bem avaliados